Últimas

Como fazer um portifolio online

Da última vez que postei como fazer um portfolio, ficou meio vago como deveria ser feito online. Então vamos ver algumas coisas que você deve saber.

1- Não é substituto
O portfolio online é ótimo para ter um primeiro contato com a empresa, causar uma primeira boa impressão, adicionar links e dados que complementam informações profissionais. Mas de forma alguma substituem o portfolio físico.
Por que? A não ser que você seja apenas webdesigner ou motion designer, todo material de designer, diretor de arte, fotógrafo ou afins, fica muito melhor em um impresso de boa qualidade, em um tamanho razoável, onde o entrevistador possa abrir, fechar, dobrar, virar, cheirar, etc.
Da mesma maneira que há produtos que é melhor comprar pessoalmente do que pela internet , há profissionais e trabalhos que é melhor conhecer pessoalmente.
Mesmo o motion ou webdesigner devem lembrar de levar um pendrive ou DVD na entrevista.

2- Não seja "Pato" para ser objetivo
Lembram da história do Pato? (veja aqui)
Continua valendo para online. Porém, na Internet você tem a possibilidade de criar várias contas e não terem ligação umas com as outras.
No caso de você ser um profissional eclético (pato) e não quer queimar suas chances crie vários portfolios com endereços diferentes, ex.: ilustrador, fotógrafo, diretor de arte, etc. E quando enviar seu link para o selecionador você não vai correr o risco dele achar que está vendo um portfolio de um profissional que não se encaixa na vaga.
Em último caso, se não se sentir seguro para ser objetivo, crie mais um portfolio com todos juntos além dos separados.

3- Trabalhos infinitos
"Uau, posso colocar todos meus trabalhos para o dono da agência olhar escolher"
É muito provável que ele escolha não ver seu portfolio.
Portfolio não é álbum de família, portanto não precisa mostrar todos seus trabalhos, principalmente aqueles que você tinha orgulho há alguns anos atrás, mas hoje você sabe que pode fazer melhor. Seja crítico consigo mesmo.
Coloque online o mínimo possível e apenas seus melhores projetos.
Se dividir por seções, coloque no máximo 5 seções e 5 imagens em cada seção. Ou de 10 a 12 imagens se preferir não dividir por seção.
Lembre-se que o entrevistador é um cara muito ocupado e poderá NÃO ver todos seus trabalhos mesmo que sejam muito interessantes.
Deixe-o curioso para te ligar e ver seus outros trabalhos.

4- O impacto que vende
Suponha que você vai selecionar um candidato para entrevista e no seu e-mail está uma centena de links, e você ainda tem que entregar uma campanha no fim do dia.
Você clica no link, olha, se não agrada, fecha; clica em outro, não agrada e fecha. E assim diante muitos candidatos perdem a chance de entrar numa grande agência. O que nos leva a 2 pontos importantes.

Ponto A - Layout
Por mais que você seja webdesigner, ou não. O seu site não pode chamar mais atenção que seus trabalhos.
A navegação deve ser simples para uma pessoa leiga ou muito ocupada navegar rapidamente. Procure usar pouca variedade de cores e de preferência sóbrias.
Não exagere na descrição de seus projetos, seja direto e escolha uma fonte comum e de fácil leitura.

Ponto B - Imagem da Home Page
Um único clique e 3 segundos. É em média a chance que temos entre o sucesso e o fracasso. Logo que alguém abre seu site ele deve levar um impacto positivo, essa pessoa deve se sentir estimulado a clicar mais para ver outros trabalhos e também no link de contato. Por isso a primeira imagem que o selecionador ver é a mais importante do seu portfolio.
A quantidade vai de cada um. De preferência de 1 a 6 imagens com link e sem carrossel (imagens rotativas).


5- Que site usar?
Você é webdesigner ou tem condições de pagar um, então faça! Todos os sites de portfolio são bons, mas o melhor é você fazer o seu diferente dos outros, com a sua cara e o seu estilo.
Mas não dá, pois é caro ou não sabe fazer, então segue uma lista de alguns.
Kawek, Wix, Carbonmade, Coroflot, Dribbble, Behance, Worksimple, DeviantArt, Krop, Flickr, Wordpress, Blogger, PicasaWebDesign Related500px, Cargo Coletive
Em breve detalharei todos mais a fundo.

6-Pondo em ordem
Para colocar os trabalhos em ordem você dever ter o bom senso de quais são os melhores, os mais bonitos e os que vão impactar.
Veja como organizar as seções de seu portfolio:
1º) faça uma lista de quais trabalhos realmente devem entrar no seu portfolio.
2º) dê pontos de 1 a 10 nos escolhidos, se quiser peça para alguns amigos a te ajudarem a dar notas para eles, é um bom exercício para saber se seus trabalhos agradam outras pessoas, designers ou não.
3º) organize-os em ordem crescente de pontuação (ex: 1, 2, 3, 4,...) depois pegue o que teve a maior nota e coloque em primeiro (ex: 10, 1, 2, 3, 4, 5...)
Assim como na home page o visitante terá aquele primeiro impacto e depois seguirá numa ordem crescente de suas peças.


7-Posso usar fantasmas
Deve! O portfolio é seu e é seu dever mostrar toda sua criatividade.
Use e abuse deste recurso, mas tenha em mente o lado ruim do portfolio online, a cópia.
Na Internet todo trabalho pode ser copiado e não há nada que eu possa dizer para que você evite que isso aconteça.
Você pode dificultar a cópia colocando uma marca d'água ou uma borda que vão "enfeiar" seu trabalho, mas ainda sim a ideia criativa pode ser reproduzida.
Então cuidado com o que você coloca online, talvez seja melhor que o seu melhor projeto fantasma seja apenas apresentado no dia da entrevista como um trunfo na manga.

Espero que estas dicas tenham ajudado.
Boa sorte!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Assuntos Criativos Designed by Templateism.com Copyright © 2014

Tecnologia do Blogger.