Últimas

11 passos para ressaltar sua criatividade e habilidades de design



Ser designer todo dia é algo que pode se tornar desgastante. Você pode sentir que está sempre fazendo as mesma coisas e que tudo está ficando cada vez mais chato. Sem contar que pode surgir aquele sentimento de que não consegue evoluir no seu trabalho, dando a impressão que se estacionou. Mas, acredite, não é bem assim. Às vezes, tudo o que você precisa é se focar um pouco mais e ir se afiando com as oportunidades que aparecem.

Nesse ponto, podemos até dizer que um designer freelancer consegue ter um pouco mais de vantagem nos processos do dia a dia, uma vez que pode pegar algo novo para fazer de vez em quando, diferentemente de quem está “preso” às rotinas e processos (muitas vezes) burocráticos de uma empresa, mas mesmo assim, dá para tornar tudo isso mais criativo e motivador de novas aprendizagens.
Porque isso não é um blá blá blá?
“Se você ficar só esperando, vai ficar para trás.”
Esse ditado apesar de velho e bem clichê, não deixa de ser verdade. Está acomodado ou já está satisfeito com o que sabe e nunca busca um objetivo mais difícil? nunca vai ficar melhor, simples. Portanto, a mudança não é algo fácil, você vai precisar mexer em algumas estruturas que estão paradas.

Pense assim: se algo me incomoda, então é a primeira coisa que preciso entender melhor ou mudar.

Então, hoje, vamos mostrar alguns lembretes sobre como você pode continuar aprimorando suas habilidades:

1. Prática:
Criatividade requer prática. Como você pode expressar suas idéias criativas, se você não vai realmente trabalhar em algo? As ótimas ideias surgem de ideias ruins e assim por diante. Nem sempre a ideia perfeita vem de algo pronto, você precisa errar para saber quando acertou. “A prática leva à perfeição”, bem já disseram.

2. Leia blogs de design:
Se você chegou até aqui, então está no caminho certo! Há muitos blogs de design onde você pode obter um monte de dicas, tutoriais e recursos. Tudo isso vai alimentar o seu raciocínio para te incentivar a pensar criativamente. As coisas que você lerá com certeza afetarão a forma como trabalha, para melhor.
Veja uma lista com 26 blogs criativos.

3. Esteja atualizado:
Novas tendências sempre surgem. Cabe a você saber se vai segui-las ou não, mas é bom que você esteja por dentro. Muitos clientes vão medir o quanto o seu portfólio está atualizado para saber se você enquadra no que ele quer, caso contrário, ele escolherá outro.

4. Consiga o máximo de inspiração que puder:
Inspiração não é apenas em uma sala cheia de designers falando de ferramentas de Photoshop, de roughs ou do cliente que não aprova as peças. Pelo contrário, às vezes uma volta pelo quarteirão pode trazer mais auxílio que todos os outros itens citados. Coisas simples como um cinema, uma piada ou café podem ajudar bastante. Lembre-se que você não é uma máquina.

5. Entre em comunidades de design e receba feedback:
Ser parte de comunidades de design lhe dará a oportunidade de conviver com outras pessoas do ramo. Você pode até mesmo pedir feedbacks dos seus trabalhos, que podem ajudá-lo a melhorar. Certamente vai aprender muito com as dicas e a troca de experiências. Como resposta, você ainda pode dar o seu feedback para as obras de outros. Você vai conhecer novos amigos ao mesmo tempo que aprende com eles.

6. Procure tutoriais online:
Por que você não olha alguns tutoriais on-line que parecem interessantes para você ou para o seu trabalho? Além disso, o tutorial abre a oportunidade de tentar outras abordagens na concepção das suas peças para ganhar novas habilidades de design.

7. Experimente:
Não há nada em apresentar algo novo, afinal, o “não” você já tem, certo? Muitos profissionais se destacam pelo simples fato de mostrar algo que as pessoas não teriam coragem de apresentar.

8. Preste atenção em suas habilidades:
Aqui é simples, preste atenção na maneira como você trabalha. É nela que moram os defeitos que precisam ser melhorados. Uma vez que você tenta prestar atenção ao que você está fazendo, você vai ser capaz de identificar determinadas áreas onde ainda precisa melhorar. Dessa forma, desenvolverá mais habilidades e ser melhor no que está fazendo.

9. Design off:
Você poderá se expressar ainda mais se trabalhar offline. Tente desenhar enquanto o computador estiver desligado ou esboçar no papel a ideia antes de ir direto para a tela branca dos programas. Em seguida, use isso como um guia em seu projeto. Você pode escolher entre esses esboços ou também pode tentar combinar elementos de diferentes que já tenha pensado.

10. Esteja determinado a melhorar:
Não existe nada mais eficaz do estar determinado a ficar cada vez melhor. Portanto, tome um tempo para olhar os pontos que ainda te fazem errar. Crie uma lista e a use como guia todos os dias.

11. Aceite e aprenda com o erro:
Muitas vezes, o fracasso é necessário para ter sucesso. Não se sinta tão mal por cometer alguns erros no trabalho, isso é completamente normal. Em vez disso, aprenda para não errar de novo. Já tentou fazer uma lista dos erros que cometeu para evitar cometê-los novamente? Isso ajuda também!

Ufa! Esses são alguns métodos usados por muitos designers para ajudar a saírem da zona de conforto e estarem melhores e atualizados a cada dia. Existem alguns outros fatores que podem afetar sua criatividade como o seu bem-estar e o ambiente em que você se encontra, mas se seguir todos os passos citados, terá uma boa chance de se tornar um profissional melhor e, claro, mais criativo.

Fonte: Young Clover

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Assuntos Criativos Designed by Templateism.com Copyright © 2014

Tecnologia do Blogger.