Últimas

Um jardim no telhado


E você também pode ter uma área verde... bem em cima de sua casa, com o telhado verde!



Telhado verde, jardim suspenso (não são os da babilônia) ou eco telhado, é uma ideia que está chegando ao Brasil e está mostrando que tem potencial para ajudar-nos a ter uma cidade mais limpa e ecológica.





Basicamente é colocar grama no seu telhado, claro que não dá para subir lá e jogar uma mudas, existem empresas especializadas neste tipo de negócio, mas o mais importante é saber porque isso é uma boa ideia:
  • Aumento da biodiversidade;
  • Redução da velocidade de escoamento da água da chuva (ajuda no combate a enchentes);
  • Aumento da retenção da água da chuva na fonte (drenagem urbana, combate as enchentes);​
  • Limpeza da água pluvial, contribuindo para redução da poluição;
  • Redução da emissão de carbono, atenuante da poluição do ar;
  • Barra ruídos que vêm de fora e ainda pode virar uma área de lazer, dependendo da inclinação da cobertura e do peso que suporta.
  • Esses telhados​ ajudam na diminuição da temperatura interna (casa) e externa (ambiente), mantendo uma ambiente agradável no calor ou no frio.
Neste link você encontrar 3 forma de construir um telhado verde

São várias vegetações que se adaptam a este tipo de projeto:
Grama-esmeralda (Zoysia japonica)
Resistente ao pisoteio, é um dos tipos mais rústicos entre as gramíneas. Para que fique viçosa, depende de rega quando a chuva for insuficiente. Adubação semestral e poda periódica a mantêm homogênea.
Grama-amendoim (Arachis repens)
Proporciona forração densa, com flores amarelas em boa parte do ano. É mais indicada para áreas sem pisoteio, dispensa podas regulares e suporta períodos de seca, embora sofra com geadas.
Carpete-dourado (Sedum acre)
Espécie de suculenta (planta capaz de armazenar água) de baixo porte que sobrevive bem em solo raso e exige cuidados simples: dispensa poda, exige água e aguenta períodos de seca, mas não pisoteio.
Echevéria (Echeveria glauca)
Rústica como toda a família das suculentas, pode ser tratada como a carpete-dourado, com regas apenas em caso de seca prolongada, sem exigir poda. Pede adubação semestral e não resiste a pisoteio.
Cacto-margarida (Lampranthus productus)
A planta rasteira da família das suculentas floresce durante a primavera e o verão. Encara o clima frio, mas não o pisoteio. Exige água apenas nos dias mais secos e adubação semestral.

Sei que não é uma atitude tão simples, mas é algo que deve ser levando em consideração em uma reforma, ou na hora de construir. A coleta de aguá de chuvas e melhoria da condição de temperatura, com certeza irá reduzir custos com água e ar-condicionado. Bom parar o seu bolso, bom para a nossa cidade e futuro!

Vi no Blog do Magri

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Assuntos Criativos Designed by Templateism.com Copyright © 2014

Tecnologia do Blogger.